Teatro Chico Anysio

Espetáculo cancelado.

O Espetáculo AS AVENTURAS DE LADY BUG da Cia MAGIA Produções, de Goiás, que seria apresentado no Teatro Chico Anysio, nesta quinta, dia 20/04/2017,  foi CANCELADO.

Obrigado a todos.

Aos sábados de Maio e Junho/2017 apresentaremos o Infantil: OS TRÊS PORQUINHOS, da Cia Camarim de Teatro.17554030_2250393881852696_6210555621216532260_nDY

Festival de Mentiras dá UM REAL em prêmio!

 

 

BANNER DIA DA MENTIRA 2017 Face

29º Festival de Mentiras

1º de abril de 2017

Local: Teatro Chico Anysio

(Av. da Universidade, 2175)

19h

Entrada: de graça!

            O Teatro Chico Anysio será palco do 29º Festival de Mentiras. O evento que acontece em Fortaleza, anualmente, sempre debaixo do Cajueiro Botador (Cajueiro da Mentira), na Praça do Ferreira, rememorando a história dos potoqueiros das antigas, este ano acontecerá no palco do Teatro Chico Anysio, abrindo as comemorações do Mês do Humorista. Na ocasião será escolhido o Mentiroso do Ano, que levará além do Troféu Pantaleão (Personagem mentiroso de Chico Anysio), premiação em dinheiro. A premiação é líquida e sem desconto, e, mesmo, apesar da crise econômica, que assola o Brasil, será mantida. R$ 1,75 no total, assim distribuído:

1º Colocado R$ 1,00

2º Colocado R$ 0,50

3º Colocado R$ 0,25

O prêmio será pago na hora, em espécie, em moeda corrente do Brasil, sob forte esquema de segurança.

Qualquer pessoa poderá disputar (Menos, é claro, quem estiver na Lista da Lava Jato ou no esquema da operação Carne Fraca). Para isso, basta preparar uma boa mentira, pegar o microfone e soltar o verbo.

Quem vai escolher o Maior Mentiroso do Ano será o público, através de aplausos, vaias, gritos, gemidos, estalos de dedos, assobios ou outra manifestação qualquer de apoio ao seu mentiroso preferido.

As inscrições serão realizadas a partir das 18h, no próprio Teatro. De graça. O Festival acontecerá de 19h as 20h.

 

História do Festival de Mentiras

De 1904 a 1920, na Praça do Ferreira, debaixo do Cajueiro Botador (era assim chamado porque botava caju o ano todo – e isso é verdade), o Ceará assistiu a sua festa mais tradicional, popular e moleca que foi o Festival de Mentiras, realizado, é claro, no dia 1º de Abril. Ali, intelectuais, artistas, bebuns e desocupados passavam o dia escrevendo e afixando papelotes no Cajueiro, com todo tipo de mentiras, de preferência as mais provocantes à sociedade e aos homens do poder.

Em 1920, o Prefeito Godofredo Maciel, sentindo-se incomodado com a brincadeira, mandou derrubar o Cajueiro, acabando com a farra.

Na última reforma da Praça do Ferreira, foi plantado um novo cajueiro e colocado a seu lado uma placa que conta um pouco desta história.

Em 2006, depois de 86 anos sem acontecer o evento, o Escritório do Riso/Museu do Humor Cearense retomou o Festival de Mentiras, realizando-o nos anos de 2006, 2007, 2008 e 2009 no Teatro Chico Anysio. Em 2010, o Festival voltou à Praça do Ferreira, seu lugar de origem. E agora em 2017, o Festival volta a acontecer no Teatro Chico Anysio, devido o dia 1º de abril cair num sábado. E sábado, na Praça do Ferreira, não rola. O 29º de Mentiras abre a programação do Mês do Humorista.

 

O Dia Nacional do Humorista, 12 de abril é Lei. Por isso, Abril, é o Mês do Humorista

Lei Municipal nº 9518 de 23/10/2009   (Fortaleza)

Lei Estadual nº 13.317 de 02/07/2003 (Ceará)

Lei Federal nº 13.082 de 08/01/2015 (Brasil)

.

 

 

 

 

Humorista Tom Cavalcante em visita ao Teatro Chico Anysio

MHC_+MARIA_4427

Os humoristas Tom Cavalcante e Zebrinha. Ao centro, Maria Antônia, filha do Tom

No último dia 28 de fevereiro/2017, terça de carnaval, o Museu do Humor Cearense e o Teatro Chico Anysio tiveram a honra de receber a visita do humorista TOM CAVALCANTE. É a 3ª vez que Tom visita nosso espaço.
Desta vez, na pauta: gravação do Programa “+ MARIA”, enfocando o Museu.
Maria é filha do Tom, um doce de pessoa,  e tá fazendo um sucesso danado no seu canal do Youtube, onde apresenta o ‘+ Maria’.
Além do Tom e Maria, também nos visitaram, Patrícia Cavalcante, esposa do humorista; Seu Hugo, o pai; Sergio Cavalcante (irmão) e esposa; Dino Boy Fortaleza, amigo das antigas.
O Tom tem destas coisas. É doido pelo Ceará. E quando aqui vem, prioriza estar sempre acompanhado da família.
Ao Tom e família nosso muito obrigado, por prestigiar o trabalho que desenvolvemos com tanto carinho, aqui no Museu.
Em tempo: em 2015 Tom fez doação de figurinos e variadas peças de seus personagens para o acervo do Museu do Humor. A Exposição TOM DE TODO JEITO cont
inua em cartaz pra todo mundo ver!